Sobre a Gabi

Oi!

Meu nome é Gabriela Thomas. Eu abri a minha empresa em 2009 e me credenciei para ajudar as pessoas a se tornarem as melhores versões delas mesmas com Coaching em Bem-Estar e Saúde Holística, Massagem Medicinal e QiGong.

Acho tudo isso ótimo (e sou grata por todas as minhas conquistas, todos os dias), mas eu quero que as pessoas saibam que eu também sou como o resto do mundo. Eu acordo de manhã com um único objetivo: de ser feliz e alegrar as pessoas que eu amo, incluindo os meus 3 gatos e 1 cachorro!

E como todo mundo, entre a hora em que eu acordo e a hora que me deito na minha cama `a noite, um monte de coisas acontecem na minha vida que mexem comigo emocionalmente e mentalmente: eu fico estressada com um monte de coisas, fico chateada com algumas pessoas, eu me acalmo, repito tudo isso, dou risada, choro, vivo!

Eu já tive muitos problemas de saúde durante a minha vida, como distúrbios alimentares, problemas de tireóide, cistos complexos nos meus seios e ovários que me levaram `a cirurgia, insônia, prisão de ventre crônica e depressão clínica.

Eu não gosto de chamar essas coisas de “problemas de saúde”, porque na verdade eu acredito que tenham sido causados por problemas relacionados ao estresse que eu estava tendo na minha vida. Esses problemas foram sintomas de uma causa muito maior: estresse.

Fala sério, eu tive muito mais problemas de saúde dos 20 aos 30 anos do que eu tenho hoje em dia! (Nasci em 1982, então faça você as contas! rsrs).

E então você me pergunta,: “mas o que estava acontecendo com você dos seus 20 aos 30 anos?”.

A resposta mais curta dessa pergunta é a seguinte: Eu tinha acabado de me mudar para um outro país (estresse) onde eu não sabia falar a língua direito (estresse), tive que ter 2 empregos para poder pagar minhas contas sem conseguir falar inglês direito (estresse), enquanto lidava com a minha papelada de imigração (estresse) e estudava/me certificava (estresse), tentando ajudar meu ex marido a parar de beber (estresse) e ao mesmo tempo sendo abusada por ele de todos os jeitos possíveis (estresse). Tudo isso me levou `a tentativa de suicídio (o que não foi estresse, mas um sentimento de “amortecimento”). Daí eu me recuperei da depressão clínica que eu estava e, depois de algum tempo, me divorciei (estresse), tendo que me estressar porque não sabia como iria me sustentar, onde morar, etc.

E depois de tudo isso, cometi mais um erro de entrar em outro relacionamento o qual fui abusada emocional e psicologicamente por um narcisista psicopata (não posso ter certeza disso, porque nunca ninguém — nem um psiquiatra — poderia ter certeza absoluta disso. Mas eu não tenho dúvida de que ele era! Sim, não tenho certeza mas também não tenho dúvidas. rsrs). — o que me causou MAIS ESTRESSE.

Tudo isso aconteceu em 10 anos de vida.

Mas os meus médicos não sabiam de nada disso (a não ser meu psicólogo). Eles apenas pegavam os meus sinais vitais, minha amostra de sangue, e me diagnosticavam com isso ou aquilo, ou aquilo outro. Mas a realidade era a seguinte: o estresse e a depressão quase me mataram.

Apenas quando eu consegui me fortalecer emocionalmente e ESCOLHI tomar conta de mim mesma, aprendendo a dizer “não”, estabelecendo limites para mim mesma e para os outros, que eu comecei a me sentir melhor fisicamente. Eu “apenas” precisava aprender a me respeitar! Foi uma jornada de altos e baixos, mas eu consegui.

De repente eu comecei a ter vontade de fazer exercício físico, comecei a comer comidas saudáveis, parei de fumar, minha tireóide voltou ao normal… e eu comecei a ter muito mais energia e vitalidade do que antes!

É por isso que agora o meu propósito de vida é de ajudar a vida de outras pessoas que estão passando por dificuldades sabendo que elas merecem ser felizes e que eles já têm o poder de serem saudáveis. – `As vezes o que precisamos é de alguém para nos lembrar disso, porque muitas vezes as situações e/ou relacionamentos em que estamos nos faz esquecer de quem nós realmente somos e o que merecemos acima de tudo: respeito.

É incrível ver como as nossas vidas mudam dramaticamente quando aprendemos a nos amar e a estipular limites.

A nossa saúde também muda dramaticamente – nossos corpos consegue se curar por si próprios -, com o apoio de comidas saudáveis, mudança de hábitos e o poder da gratidão.

Tudo na nossa vida é integrado. As nossas mentes, as nossas emoções e as nossas crenças estão conectadas. E, quando não estão em equilíbrio, adivinha o quê? Os nossos corpos sofrem, de um jeito ou de outro.

Foi por isso que eu decidi me certificar como Coaching em Bem Estar e Saúde Holística. E é por isso mesmo que eu amo tanto poder ajudar as pessoas a se recuperarem de qualquer forma de abuso, pois eu entendo as suas frustrações de primeira mão. Eu entendo o que é se sentir inadequado, sozinho, triste, sem esperança, com medo, com raiva, se sentindo traído, perdido.. um lixo descartável!

Eu me sinto privilegiada em poder ajudar pessoas maravilhosas a redescobrirem suas felicidades, dando a elas as ferramentas necessárias para que elas possam alcançar seus objetivos em relação `saúde e a terem uma vida plena, com pessoas que realmente as amam ao lado delas, fazendo coisas que elas gostam, enquanto se sentem as suas melhores versões delas mesmas.

Espero que com o meu conhecimento e com as minhas experiências boas e ruins de vida, as vítimas de abusos possam se inspirar a se fortalecerem para que saiam das situações perigosas em que elas se encontram agora.

Gostaria de usar esse espaço para passar uma mensagem para essas pessoas: “Alguém que já esteve no seu lugar conseguiu sair dessa, ter uma vida plena e ser feliz de novo… e eu sei que vocês também podem!”

A recuperação é possível. O primeiro passo é de escolher pedir ajuda.

Muito obrigada por considerarem o meu trabalho.

Gabi Thomas.
Porta-Voz da Prevenção de Doenças, Educadora Sobre Abusos Domésticos, Coach em Saúde Holística, Certificada pela Associação Americana de Praticantes Sem Uso de Remédios e pelo Institute de Nutrição Integrada.
Autora | Palestrante | Youtuber